Páginas

Plebe Rude

Plebe Rude é uma banda brasileira de rock, formada em Brasília. Atualmente conta com Philippe Seabra, nas Vozes e na Guitarra, Clemente Nascimento, dos Inocentes, também nas Vozes e na Guitarra, André X, no baixo e nos vocais, e Marcelo Capucci na Bateria
Seus temas apontam para as incertezas políticas do país desde os estertores da ditadura até a atualidade e para o comportamento do ser humano em meio às dificuldades da vida. A Plebe surgiu da Turma da Colina numa época em que a polícia invadia a universidade para bater em estudantes e professores, em que a censura proibia canções e vetava sua execução pública. Isso na área da música popular, sem contar a perseguição ao teatro e à imprensa.
Sem fazer concessões, a Plebe Rude vendeu 500 mil cópias de seus seis discos, tocou no rádio e se apresentou na televisão.Em 2011 lançou o primeiro DVD "Rachando Concreto: Ao Vivo em Brasília" com um resumo da carreira bem sucedida, também em versão de CD.Concorre a Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock Brasileiro.
Em 2011, após o lançamento do DVD Rachando Concreto, o baterista Txotxa, deixou a banda para ir tocar no Natiruts. Em seu lugar, entrou o baterista Marcelo Capucci.
Ainda em 2011, o álbum de estréia da Plebe Rude (O Concerto Já Rachou, de 1986) é relançado dentro do box-set do documentário Rock Brasília juntamente com os álbuns de estréia do Capital Inicial e Legião Urbana.
Já em 2012, a Plebe Rude continua a fazer shows da turnê do DVD e no segundo semestre do ano começa a gravar material para um novo álbum de inéditas, e , ao mesmo tempo a banda em conjunto com a produtora Pietá Filmes começa a produzir o documentário Plebe Ignara- que tentou ser financiado através da mobilização virtual dos fãs da banda mas não obteve êxito na empreitada. Além disso, a banda revelou a intenção de gravar um novo DVD - mas desta vez acompanhada da Orquestra Sinfônica de Brasília- e um álbum infantil chamado "Punkinho", que seria um álbum infantil tocado no estilo Punk.
Desfalcada temporiaramente do baixista ( e fundador ) André "X" Muller- que foi morar nos Estados Unidos para fazer um mestrado no meio de 2012-, a Plebe vem tocado com Fred Ribeiro, baixista que havia tocado no DBG- projeto do líder Seabra por volta de 2001 e que era uma versão brasileira do Daybreak Gentleman, projeto que ele morou nos Estados Unidos entre 1994 e 1999.
Aderindo a moda de tocar o álbum clássicos na íntegra, a Plebe Rude realizou um show na programação das comemorações do Circo Voador, tradicional local de shows no Rio de Janeiro e tocou as sete faixas do álbum O Concerto Já Rachou.
Em 2013, a Plebe Rude vai lançar um novo álbum de inéditas no primeiro semestre do ano e finalizar o documentário Plebe Ignara.

Fala Brasil

 
O Som do Brasil | by TNB ©2010